Profissional de contatos

Por Pati Stima, para Coletiva.net

Há uma verdade que sempre soube e que carrego comigo no dia a dia. O mais importante na vida profissional não se trata de saber fazer, trata-se de conhecer quem faz.

Em todos esses anos lidando com o mercado, posso garantir que 90% de um trabalho realizado de forma correta vem de um bom BRIEFING. O que isso significa? Que você não precisa SABER FAZER alguma coisa, mas precisa SABER O QUE QUER, e, assim, você vai encontrar QUEM FAZ.

Matemática simples como 1+1. Para mim, que sou produtora, é bem fácil de entender, já que 1+1 será sempre igual a 3. Sinto uma pontinha de pena dos vários profissionais que trabalham na área da publicidade. Nós sofremos e vivemos o pior dos mundos porque a origem do briefing não está diretamente ligada ao entendimento do mesmo. Normalmente, os clientes não sabem o que realmente querem e criam um briefing em cima de uma demanda que ainda não está totalmente concretizada e entendida em sua própria origem.

Depois que a equipe responsável entende exatamente o que é pedido pelo briefing, a tarefa se simplifica. Só necessitamos buscar o profissional certo para as execuções e, assim, ter o resultado certeiro na entrega. Isto quer dizer que ninguém precisa ser especialista em tudo, basta entender aquilo que precisa e buscar QUEM FAZ.

Tudo isso converge para uma rede de contatos qualificada e parcerias bem construídas, com confiança e garantia "no fio do bigode".  Essa rede de contatos qualificada vale muito mais do que uma experiência ruim com aquele profissional, já que o que serve para mim pode não servir para o outro, e o que vai validar é o bom relacionamento que se tem.

Estamos em um momento em que é necessário ter atenção em tudo ao nosso redor. Quem disse que a mídia tradicional não te traz insights? Ouvir ao noticiário todos os dias abastece a tua bagagem de ideias em qualquer âmbito e as soluções podem estar onde a gente menos espera. Assista a documentários, busque CONHECIMENTO, seja ele qual for, para que você possa conversar sobre tudo com qualquer pessoa.

Buscar uma resposta atrás de um computador em sites de busca não é tarefa para qualquer um, pois nem sempre se encontra aquilo que se está procurando, principalmente se você não sabe bem o que procura. Saber procurar é um dom. O profissional que tem contatos qualificados não necessita de ferramentas para buscar, ele só precisa entender o que se pede. Uma ligação telefônica, uma agenda completa, um caderno de anotações e uma boa memória fazem a diferença.

Nós, que estamos no mercado há anos, nos reinventando a cada oportunidade, não podemos deixar de passar este conhecimento adiante. Fazer escola, qualificar os aprendizes, estagiários e assistentes e levá-los quase à perfeição. Gestores: creditem coragem e ousadia a essa nova geração. No futuro breve eles realmente entenderão e valorizarão o aprendizado.

Formem um bom profissional de contatos.

Pati Stima é publicitária.

Comments