Ticiano Osório assina coluna sobre cinema em GaúchaZH

Jornalista segue responsável pelas edições dos cadernos DOC, Viagem e Vida de Zero Hora

Ticiano Osório é colunista de GaúchaZH - Reprodução

O jornalista Ticiano Osório, que edita os cadernos DOC, Viagem e Vida em Zero Hora, desde esta quinta-feira, 22, assumiu o posto de colunista de GaúchaZH. Assim, entre duas e três vezes por semana, o profissional escreverá sobre filmes para o portal do Grupo RBS - e, também, em pelo menos uma página do Segundo Caderno. De acordo com Ticiano, serão abordadas tanto as produções exibidas no cinema quanto as que integram os catálogos de serviços de streaming: "Prometo entusiasmo e honestidade. E buscarei ser eclético, indo das franquias de super-herói ao cinema iraniano".

Em conversa com Coletiva.net, o jornalista destacou que a coluna de cinema nasceu de uma demanda dos assinantes de GaúchaZH. Segundo ele, em uma pesquisa realizada pelo Grupo RBS, foi observado o desejo de contarem com uma espécie de guia para ajudar a escolher entre as muitas ofertas de filmes que surgem a cada semana, tanto nos cinemas quanto nos serviços de streaming. "Eu serei esse guia, mas peço que os leitores saibam que eu não tenho como assistir a tudo e que tenham em mente que não sou dono da verdade", explicou.

Os primeiros textos de Ticiano já estão no ar. A sua estreia como colunista foi escrevendo sobre o remake de 'Brinquedo Assassino', terror que está nos cinemas, e, na sequência, se aventurou comentando sobre nova produção de Quentin Tarantino, 'Era Uma Vez em... Hollywood'.

"É certo que meu passado me condena: devo ter escrito elogios que hoje me fariam passar vergonha, devo ter levado gente à roubada. Mas também quero acreditar que posso ter ajudado alguém a conhecer um título que passaria despercebido. Quero acreditar que, como um leitor certa vez me disse, enchendo de alegria, em alguns momentos eu consigo traduzir e organizar em palavras as emoções e os pensamentos que um filme provoca no expectador", contou o jornalista. Ticiano se formou em 1996, pela Ufrgs, e trabalha há 24 anos em Zero Hora.

Comments