Conteúdo, fake news e redes sociais pautam evento 'Política on-off'

Atividade promovida pela Critério recebe sócios, professor, publicitário e ex-governador nesta tarde

Evento 'Política on-off' - Divulgação/Coletiva.net

A tarde desta terça-feira, 18, teve início pontualmente às 13h30 no evento 'Política on-off', promovido pela agência de comunicação Critério ao longo do dia, no auditório da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). Os responsáveis por começar o segundo turno foram Rafael Codonho e Tomás Adam, sócios da Critério. Em seguida, ocorreram as palestras do professor e coordenador dor cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Turismo do Centro Universitário Metodista IPA, Fabio Berti, e do ex-governador do Rio Grande do Sul Germano Rigotto, ao lado do publicitário Rafael Bandeira.

Rafael e Tomás abordaram o tema 'O conteúdo é rei'. A dupla destacou os cinco princípios do conteúdo, os quais, segundo eles, são: a intenção, afinal, antes e depois do texto há de se refletir sobre o que você quer dizer; a simplicidade, pois a principal técnica é manter as coisas simples, escrevendo em frases curtas, já que 'menos é mais'; foco, para saber para quem se quer dizer e o que quer dizer; estilo, pois os assessorados devem estar confortáveis com as suas comunicações; e início e fim, que são as duas partes mais importantes. "A primeira frase tem que ser impactante, instigante e convidativa ao leitor a continuar, enquanto a última oração precisa concluir todo um pensamento", ensinaram.

Dando sequência ao evento, Fabio Berti comandou o segundo painel, o qual trouxe o tema central 'Eleições e Fake news'. Na oportunidade, exaltou alguns números e dados para exemplificar a divulgação de conteúdos considerados falsos. Um dos estudos apresentados foi realizado por Nic Newman, ex-jornalista da BBC, que apontou que 85% dos brasileiros relataram ter receio sobre a real veracidade de uma notícia. Depois, ao provocar as cerca de 100 pessoas presentes, indagou: "Seria o bom jornalismo o antídoto frente a estas notícias falsas?". Com diversos exemplos de manchetes, o professor usou uma matéria publicada por Coletiva.net para ratificar o quanto as fake news engajam mais do que a mídia tradicional. 

Na última palestra, o ex-governador Germano Rigotto e o publicitário Rafael Bandeira discutiram a temática 'Bate-papo on e off', tratando de temas como a política antes e depois das redes sociais. Com 40 anos de vida pública, Rigotto comentou que este é um momento muito importante de discutir como a política mudou e como as redes sociais tiveram papel fundamental nessa transformação. Em seguida, lembrou que o jingle da sua campanha de 2002 foi considerado um dos 20 melhores jingles políticos da história. Entretanto, lembrou que "não era apenas o jingle, mas a mensagem do candidato que tinha relação com toda uma estrutura de marketing da campanha".

Rafael Bandeira, por sua vez, responsável pela campanha do atual governador, Eduardo Leite, comentou que considera um jingle bem feito como a alma de uma campanha, pois ele prepara todo o colchão no qual a campanha será assentada. Com as redes sociais, existe certa potencialização das ações, mas alertou que isso pode servir tanto para o bem, quanto para o mal. Outro apontamento fez referência às alternativas on e offline, ofertadas para uma campanha política. "As redes sociais nunca substituirão as mídias tradicionais, mas tendem a ganhar cada vez mais espaço. Todas são complementares e essenciais", finalizou.

Comments