'O varejo do futuro' é tema de palestra de Jorge Inafuco no Pós-NRF

Executivo da Oitava Acima Treinamento & Consultoria e da Oasis Lab Innovation Space utiliza 'Star Trek' para conduzir sua palestra

Palestra de Jorge Inafuco - Divulgação/Coletiva.net


Antes da terceira palestra da noite, o palco da ADVB/RS recebeu Christian Sudbrack, da Deloitte, que apresentou pesquisas relacionadas ao mercado do consumidor desenvolvidas pela sua empresa. Logo após, o evento 'Pós-NRF - Uma visão para o varejo 2020', promovido pela CDL POA, trouxe Jorge Inafuco, sócio-diretor das empresas Oitava Acima Treinamento & Consultoria e do Oasis Lab Innovation Space', para abordar o tema 'O varejo do futuro'.

Logo no começo de sua apresentação, Inafuco convidou o público a imaginar o futuro, em uma viagem de 46 anos à frente. Para exemplificar, o executivo mostrou um vídeo de Arthur C. Clarke, em que o escritor, em 1974, dizia, com precisão, como seriam os computadores das próximas gerações. Logo, o palestrante disse que, hoje em dia, fazer este exercício é quase impossível, uma vez que a inovação acontece muito mais rápida. "O futuro é uma caixa preta, não sabemos o que vem pela frente, mas é bom pensar, pois é lá que a gente vai passar o resto da vida", brincou.

Na sequência, Inafuco mostrou que a sua apresentação seria influenciada pelo seriado norte-americano 'Star Trek', que estreou nos anos 1960 e apresentou previsões certeiras para o futuro, como o celular. O executivo, então, convidou o público para embarcar na nave Enterprise e acompanhar a sua palestra, que seria dividida em cinco estações, em que cada uma traz uma tendência para o varejo.

Eis elas:

1 - Bopis: 'Bui Online Pick up In Store', ou seja, compre online e pegue na loja. "Quem não tem, sugiro que comece a pensar", recomendou o palestrante.

2 - RPA: 'Robotic Process Automation', ou seja, automação robótica de processos. Como exemplo, Inafuco mostrou os robôs que entregam produtos para pessoas. "Toda a parte de robotização vai ser muito forte no varejo", previu.

3 - Vending Machines: De acordo com o palestrante, são máquinas mais inteligentes, que oferecem melhores experiências ao consumidor. Como exemplo, ele citou as máquinas de chopp e de vinho, que são operadas com cartão pré-pago, nas quais o próprio cliente se serve.

4 - The Voice: É a interface tecnológica por comando de voz. Como exemplo, ele usou a Alexia e o aplicativo do Itaú, que já estão disponíveis.

5 - Economia circular: Engloba a sustentabilidade e inovação e a nova economia. "Não dá mais para pensar em fabricar canudinho de plástico", exemplificou Inafuco, destacando a consciência ecológica do consumidor moderno. Ele ainda citou que há uma campanha contra fabricantes de pasta de dente que, mesmo com uma embalagem rígida, seguem sendo vendidas em caixas de papelão, sem necessidade. "O consumidor quer algo mais sustentável", explicou. Ele ainda explicou que existe uma tendência para a revenda de produtos usados.

5 e meio - Taas: Ou seja, "tudo as a service!". Nela, estão as assinaturas como padrão de consumo. O palestrante afirma que, para algumas categorias de serviços, "é mais gostoso comprar por assinatura do que na loja". E, para ele, este recurso não rivaliza com outros segmentos do varejo. "Quem assina Netflix, não deixa de ir ao cinema", reforça, alertando logo em seguida: "Se o varejo não entrar nesse segmento, a indústria vai".

Com realização da CDL-POA, Coletiva.net realiza a cobertura em tempo real do 'Pós-NRF - Uma visão para o varejo 2020'. A equipe, formada por Carlos Redel, Ilana Xavier e Márcia Christofoli, está presente na sede da ADVB/RS para alimentar o portal com o conteúdo do evento, além de entrevistas exclusivas com os participantes. As redes sociais - Facebook, Instagram e Twitter -, também são abastecidas com a movimentação do evento.

Comments