Para Conjunto, maior conquista de 2019 foi superação e prova de resiliência da agência

Rodrigo Rey, sócio da empresa, faz um balanço do ano que termina e destaca decisões difíceis e metas para 2020

Rodrigo Rey - Reprodução

O sócio da Agência Conjunto, Rodrigo Rey, fez um balanço de 2019 e contou ao Coletiva.net que este foi um ano "com muito, mas muito trabalho". O executivo informou que a empresa enfrentou muitos desafios, porém, a missão foi cumprida com bastante êxito. 

Um dos exemplos apresentados por ele, foi a entrega de dois grandes eventos de comemoração dos 10 anos de Brasil e 100 anos no mundo da CMPC. Um deles foi fechado para autoridades e personalidades influentes, realizado no Instituto Ling. O outro foi aberto ao público, com dois dias de shows e diversas atrações e atividades, que aconteceu em Guaíba. 

Segundo Rey, a maior conquista de 2019 foi a superação e a prova de resiliência da agência. "Entregamos muito além do que uma agência de propaganda entrega, ou do que se espera de uma", informou. Sobre o ano que se encerra, ele mencionou que a empresa precisou tomar uma decisão muito difícil, no entanto necessária para a continuidade e saúde da agência, que foi abrir mão de uma grande conta, a qual não foi revelada.

Embora a Conjunto ainda não tenha feito o balanço final do ano, Rey garantiu que as metas do ano foram atingidas. E, para 2020, a agência imagina um ano mais complicado, porém, com a expectativa de melhora no cenário econômico e como uma grande oportunidade para ele e os sócios reverem conceitos e formatos da agência.

Comments