Vida de mãe empreendedora

Por Beatriz Moraes, para Coletiva.net

O sonho e a vontade de empreender eram antigos, já ser mãe chegou com muita surpresa.  Ao os unirmos temos uma verdadeira revolução. E ser mãe é uma das coisas mais maravilhosas que podia me acontecer. Eu tinha um sonho de empreender e, por mais estranho que possa parecer, só foi possível com a chegada da minha filha.

Precisei me tornar mãe para ter coragem e empreender. Como a letra da música do Cazuza diz "Vida louca vida, vida breve" - esse refrão simples diz muito -, e eu só fui realmente entendê-lo com a chegada da Sophia. Em alguns meses, sai do meu trabalho de 19 anos para me dedicar a minha empresa.

Muitas vezes me pego pensando em como tudo aconteceu tão rápido. Após o nascimento de Sophia, tudo ficou mais claro, pois ela me trouxe coragem para me movimentar e mudar. Tudo o que eu mais queria era cuidar e estar ao lado dela. Ao mesmo tempo, eu precisava trabalhar com o fim da licença maternidade e das minhas férias. Não tinha mais tempo para ficar com a minha bebezinha.

Naquele momento, percebi algo muito importante. O tempo que a carteira assinada impõe, na maioria das vezes, não permite a dedicação necessária ao filho recém-nascido. Pode parecer um problema conciliar a vida de empreendedora com a de mãe, mas não é, basta não deixar o coração mandar totalmente no seu tempo, com um pouquinho de disciplina você se revela uma mãe excepcional e uma empreendedora maravilhosa.

Tem, ainda, algo fundamental que é fazer o que se gosta e ganhar dinheiro com isso. Sophia só terá uma mãe mais feliz se o meu trabalho for prazeroso. E na Storia Eventos e Projetos eu faço o que me dá muito prazer. O nosso amor passa por isso também. Empreender é um grande e obstinado desafio diário, ainda mais quando temos filhos. Eu ainda me atrapalho um pouco, talvez porque sempre penso que naquele momento eu poderia estar com ela. A difícil escolha de trabalhar ou deixá-la na escolinha e entregar o seu filho aos cuidados de terceiros. Mas fui aprendendo que a melhor coisa para uma criança é a disciplina, e isso a escola passa muito bem. Nós mães somos mais coração mole, deixamos as coisas mais à vontade e uma criança precisa do aprendizado com disciplina.

É um desafio porque a vida muda completamente e você precisa aprender a conciliar o seu tempo, e um aprendizado, porque os filhos vêm para nos ensinar que podemos fazer tudo, desde que o momento com eles seja de total entrega. Afinal, amar é a coisa mais linda dessa vida. Hoje, me sinto mais forte e segura porque tenho consciência que o melhor para nós duas é uma mãe feliz para uma filha feliz.

Beatriz Moraes  é sócia-diretora da Storia Eventos

Comments