Fernando Puhlmann avalia Connected Content como intenso e de alto nível

Sócio-diretor da Cuentos y Circo foi um dos organizadores do evento que ocorreu nesta terça-feira, na ESPM-Sul

Fernando Puhlmann, da Cuentos y Circo - Divulgação/Coletiva.net

Intenso e de alto nível. Foi assim que Fernando Puhlmann, sócio-diretor da Cuentos y Circo, avaliou a primeira edição do Connected Content, que ocorreu ao longo desta terça-feira, 29, na ESPM-Sul, em Porto Alegre. "Tocamos em feridas que precisam ser tocadas quando queremos avançar", sentenciou. Sua empresa foi uma das promotoras do encontro, cuja organização também contou com Coletiva.net, Sindicato das Agências de Propaganda do Rio Grande do Sul (Sinapro-RS), Grupo Bandeirantes e ESPM-Sul.

Puhlmann mencionou que o evento atingiu o objetivo de ser voltado às discussões de ações que estão sendo feitas e não sobre tendências e futurologia. Segundo ele, os painéis serviram para falar de conteúdo em vários sentidos. "Tivemos debates interessantes sobre o papel do conteúdo dentro da publicidade e sobre como o setor pode trabalhar isso", declarou.

O curador do evento também afirmou acreditar que o Connected Content abriu uma porta para um encontro que irá se inserir no calendário local. "O formato funcionou muito bem e eu não imaginava que seria diferente", comentou, ao adiantar que a equipe organizadora ainda se reunirá para fazer uma avaliação conjunta nos próximos dias. Elogiou os convidados e falou que não vê ninguém fazendo conteúdo no Brasil diferente ou melhor do que foi feito aqui. "É uma amostra geral, não ficamos presos em uma fatia de mercado, e trouxemos cases de empresas regionais, nacionais e multinacionais", citou.

Sobre a participação do público, considerou que poderia ter sido mais intensa, mas entende que, talvez, as pessoas ainda precisam se acostumar com o formato do evento e que, para uma primeira edição, está ótimo. "A nossa proposta é proporcionar discussão e, com o tempo, vamos avançar", encerrou.

Comments