Nós, os dezmiolados

Por Flávio Dutra

Na última sexta-feira enfrentei, pela segunda vez este ano, uma sessão de autógrafos. Foi da coletânea 'DezMiolados', volume 4, com  crônicas de outros nove companheiros*. Em agosto, ocorreu o lançamento do livro 'G.E. Tupi - sonho de guris & outras histórias de Petrópolis'. Com os parceiros Piero D'Álascio e Leo Ustárroz resgatamos a história do nosso time de futebol da infância e adolescência e um pouco das vivências do bairro onde crescemos. 

Confesso que sempre fico angustiado nos dias que precedem as sessões de autógrafos. Como não sou o Paulo Coelho, nem o Carpinejar e muito menos a Monja Coen, que garantem só no nome longas filas de fãs em busca de autógrafos, me pergunto nessas ocasiões: será que vai aparecer gente para buscar os meus garranchos? O que tem me salvado e não me deixa inédito é a família grande e os muitos amigos que conquistei nesses 72 anos.

A série 'DezMiolado(a)s' é uma produção da Farol3 Editores, capitaneada pelo jornalista e escritor Auber Lopes de Almeida, desmiolado-mor por teimar em editar livros, sempre com a participação da talentosa e graciosa Vanessa Correa (o projeto gráfico do 'DezMiolados 4' está uma beleza!).  No caso das coletâneas, a editora cumpre um papel relevante ao projetar novos cronistas, tanto homens como mulheres. Em maio foi lançado o 'DezMioladas 4', que vendeu bem e, claro, deixou as gurias muito faceiras.

Da série masculina, participei da primeira e da terceira edição e retorno agora na quarta, com uma seleção de quatro crônicas ambientadas em Porto Alegre, como forma de me inserir nas celebrações dos 250 anos da Capital. Alerto que nenhum dos textos é inédito: 'Nossa Porto Alegre', sobre o Irredentismo às avessas do porto-alegrense, 'A pauta da Sexta-feira Santa', sobre o olhar do repórter na procissão do Morro da Cruz, 'O homem mais importante de Petrópolis', uma polêmica envolvendo uma menina e o escritor Érico Veríssimo, e 'Sessão da Tarde no Ritz', reminiscências do cinema da minha adolescência.

O evento de lançamento do 'DezMiolados 4' foi de muita confraternização, bom humor e interação entre os autores e quem se aventurou - e não foram poucos - em comparecer ao Chalé da Praça 15 numa sexta-feira à noite. 

Fica a convocação aos senhores e senhoras, moços e moças, poetas e poetisas, escritores de primeiras letras ou quase inéditos: venham desmiolar-se. Garanto que serão bem gratificados, com reconhecimento e estímulo para voos mais altos.

*Participam do 'DezMiolados4' mais os grandes parceiros Carlos Bacchin, Cássio Peres, Jorge Hugo Souza Gomes, o Jottagá, Luciano Klockner,  Paulo Leônidas, Plinio Nunes (in memoriam), Ricardo Azeredo, Vitor Hugo Pereira e Wilson Rosa. O prefácio ou "pré-facil" é do multiplo Carlos Kober

Autor
Flávio Dutra, porto-alegrense desde 1950, é formado em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), com especialização em Jornalismo Empresarial e Comunicação Digital. Em mais de 40 anos de carreira, atuou nos principais jornais e veículos eletrônicos do Rio Grande do Sul e em campanhas políticas. Coordenou coberturas jornalísticas nacionais e internacionais, especialmente na área esportiva, da qual participou por mais de 25 anos. Presidiu a Fundação Cultural Piratini (TVE e FM Cultura), foi secretário de Comunicação do Governo do Estado e da Prefeitura de Porto Alegre, superintendente de Comunicação e Cultura da Assembleia Legislativa do RS e assessor no Senado. Autor dos livros 'Crônicas da Mesa ao Lado', 'A Maldição de Eros e outras histórias', 'Quando eu Fiz 69' e 'Agora Já Posso Revelar', integrou a coletânea 'DezMiolados' e 'Todos Por Um' e foi coautor com Indaiá Dillenburg de 'Dueto - a dois é sempre melhor', de 'Confraria 1523 - uma história de parceria e bom humor' e de 'G.E.Tupi - sonhos de guri e outras histórias de Petrópolis'. E-mail para contato: [email protected]

Comments